fbpx

A hegemonia verde e amarela da Copa América Feminina está em jogo

Publicidade

A hegemonia verde e amarela da Copa América Feminina está em jogo. Neste sábado (30), o Brasil confirmará a partida sul-americana contra a anfitriã Colômbia, no Estádio Alfonso López, em Bucaramanga, às 21h (horário de Brasília). A expectativa é casa cheia. Os 22.000 ingressos à venda se esgotaram.

Último treino do #GuerreirasDoBrasil antes da final da @CopaAmerica! Nós vamos! 💪

O brasileiro foi o maior vencedor da Copa América, vencendo sete vezes em oito, apenas para deixar a Copa escapar em 2006. O colombiano foi vice-campeão em 2010 e 2014, e o vencedor é conhecido por pontuar em uma disputa de quatro vias sem decisão, mas apenas.

As equipes avançam para as finais com uma campanha semelhante. ambos ganharam cinco

No jogo, o Brasil teve uma leve vantagem nas estatísticas. A equipe de Pia Sundhage marcou 19 gols sem sofrer, enquanto o colombiano marcou 14 e vazou outros três. O avanço para a final garante as duas seleções na Copa do Mundo do ano que vem, Austrália e Nova Zelândia, e nas Olimpíadas de Paris (França).Pia não tem falta de jogos. O meio-campista Duda Santos, que ficou de fora do banco por problemas intestinais na vitória por 2 a 0 na semifinal sobre o Paraguai, está de volta aos gramados, assim como o atacante Giorqueiros, recentemente convocado para a Copa do Mundo Sub-20 deste ano. , recuperando-se do golpe na panturrilha.

Se mantiver a base que vem atuando na competição, a técnica sueca escalará o Brasil: Lorena; Antonia, Tainara, Rafaelle e Tamires; Angelina, Borges, Adriana e Caroline; Debinha e Bia Zaneratto.

A Colômbia também terá a maior força na busca por um título inédito. A equipe de Nelson Abbadia tem oito jogadores espanhóis, incluindo a goleira Catalina Perez (Real Betis), a ala Manuela Vanegas (Real Sociedad) e o meio-campista Lacey Santos (Atlético de Madrid). Dois clubes brasileiros: a zagueiro Mônica Ramos (Gremio) e a meia Liana Salazar (Corinthians). No entanto, ambos os protagonistas jogam em ligas locais: as atacantes Catalina Usme (Cali Americas) e Linda Caicedo (Cali Sports). Este último, de 17 anos, é considerado a revelação da Copa

América e está na mira do Barcelona (Espanha).A possível escalação da Colômbia neste sábado será: Catalina Pérez; Jolene Calabari; Daniela Arias, Monica Ramos e Manuela Vanegas; Lorena Bedoya, Daniela Montoya e Leicy Santos; Linda Caicedo, Caterina Usme e Mela Ramirez.

Linhas finas e resumos alterados às 10h12 para corrigir a data do jogo, ou seja, sábado à noite em vez de domingo à noite

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Ler Mais